Resenha: Máscaras Drama queen da Lola Cosmetics

Desde que notaram o crescimento do meu cabelo, ando recebendo vários comentários sobre o comprimento dele; muitas inclusive acharam que eu estava usando apliques ou megahair para conseguir as madeixas longas!

Tem um vídeo detalhado de como fazer seus cabelos serem compridos e saudáveis (mesmo se você descolore, tipo eu), bem aqui. Mas eis aqui já o spoiler de um segredo: cronograma capilar. Muita gente fará longas explicações, mas meu resumo é simples e direto ao ponto: a variação de máscaras para direcionar cuidados para as necessidades especificas que se quer tratar e assim não deixar por desejar nenhuma das carências capilares. 

Há muitos produtos no mercado que se dizem voltados apenas para isso e até mesmo kits prontos, mas em quase dois anos de adepta me tornei fã de misturar conforme "a banda toca" e ir pegando o melhor de cada uma. Não há porque se ater apenas á uma marca em específico, mas sempre temos nossas queridinhas e nossas particularidades. Para mim, busco algo cruelty-free (livre de testes em animais - estou voltado a ter uma coleção apenas assim, algo que me descuidei no passado e estou me cobrando agora novamente) e que seja compatível com o sistema low-poo. Outros traços favoráveis para minha compra são: 

  • Preço; nada acima de R$80 em uma máscara é realmente compatível com minha realidade. Muitas marcas profissionais estão nessa categoria, mas não é necessário ser "profissional" para entregar resultados maravilhosos e tão bons quanto os "pro". Muitas pessoas podem até considerar muito generosa minha margem, mas é o que cabe para mim e o que estou disposta a gastar.
  • Ingredientes; tomo muito cuidado para que não haja álcool denat nos meus produtos pois ele é um vilão para os fios e os ressacam. Um que não causa problemas e haje como condicionante é o álcool cetílico. Mesmo depois de passar por esse crivo mínimo, também faço questão de ver que tipo de "comidas" o produto fornecerá aos fios: silicones apenas enganam e são como uma maquiagem, então o que busco é de fato óleos e vitaminas para que ele seja banhado em riqueza. Sigo a lógica que quanto mais da lista de ingredientes eu entender, melhor será o produto (meio que como comida: quanto menos processada, melhor para meu organismo). 
  • Cheiro; não suporto ter um aroma desagradável impregnado no meu cabelo. Nem faço questão de que o perfume bom seja duradouro, mas gosto de abrir a tampa e sentir algo gostosinho.
  • Confissão: sou sim seduzida por uma embalagem cuja estética me cative. Mesmo que não conheça a marca, mesmo que não tenha ouvido falar; se houver um símbolo de não testada em animais, bons ingredientes, um bom preço, um bom cheiro e uma carinha fofa... #vememmim! 

Foi mais ou menos nessa última qualificação que cheguei até a Lola Cosméticos, mesmo antes do frenesi que hoje ela tem (merecidamente). Há uns anos atrás, quando fundada, a marca era muito voltada para cabelos cacheados e depois foi abrindo seu catálogo e foi com os produtos para cabelos quimicamente tratados e amor pelas embalagens do Morte Súbita que levei meus primeiros produtos para casa.

E, seguindo os mesmos passos, foi do mesmo jeito que um dia desses, passeando na perfumaria no bairro como toda viciada em cosméticos faz de vez em quando depois de tomar sorvete na padaria no final de semana, trouxe para casa o meu primeiro pote de Drama queen, uma das linhas mais recentes. O escolhido foi o de Café Verde, um Regenerador Capilar Purificante. Depois, em uma conversa de bar com as amigas, não nos aguentamos e fomos falar de cabelo e a conversa caiu no de Pimenta Rosa; o Regenerador Capilar Anti Frizz. Ai nem precisei de desculpa para ir dar aquela esticada no centrinho e buscar meu novo pote. O resultado de cada um divido com vocês agora. 

 

Drama queen Café Verde: Regenerador Capilar Purificante

IMG_3172.JPG

Algo super diferente nessa máscara é que ela pode ser usada não apenas no comprimento dos fios, mas também na raiz deles. As características são as seguintes: 

Limpeza Dermopurificante que controla a oleosidade excessiva. Alto teor de ácidos orgânicos. Ideal para cabelos oleosos e opacos que precisam de leveza. Propriedades antifúngicas que previnem a queda capilar. Auxilia no controle de caspa e seborreia. Perfumado com óleos essenciais naturais e frâncias com solventes vegetais. 

 

  • Livre de: gluten, sulfatos, corantes sintéticos, ftalatos, parafina, silicone insolúvel, derivados de animais (vegano), parabenos, ogms, cloreto de sódio, óleo mineral. 

O objetivo é fazer com que os fios oleosos fiquem menos opacos, mais leves e brilhantes. O escolhi pois, apesar da descoloração, minha raíz é esfumada e não passa por esse processo químico e é naturalmente oleosa; resultando muitas vezes em processos de queda e irritação (especialmente no verão). Outro problema é que tenho fios finos que muitas vezes pesam, porém ainda precisam de amor e carinho para manter sua leveza.

A máscara não cheira a café forte, então se você não é fã de café não terá problemas com o aroma. A fragrância é como se fosse levemente amadeirada e frutada, mas é super leve e agradável. Se eu fosse descrever ela em uma estação, diria que está entre o verão e o outono; é muito gostosa mesmo! Me faz ter vontade de estar em uma fazenda. Dura um bocado no cabelo se você usa-la como último passo da sua lavagem.

Rende muito bem, pois a textura não é muito espessa: dá para espalhar nos fios muito tranquilamente e realmente trabalhar o produto sem precisar pegar muito do pote e desperdiçar. Estou usando há dois meses e meio como tratamento semanal e só usei 1/3 do produto, e tenho cabelo longo e sou generosa na aplicação.

IMG_3173.JPG

Sobre resultados:

No meu couro cabeludo, foi fantástica!!! Reduziu a oleosidade sem fazer ele "cantar". Senti que reduziu a queda depois da terceira aplicação e a irritação, depois da segunda aplicação, já estava menor (havia menos necessidade de coçar a cabeça). Os fios estavam mais leves e com maior volume por causa dessa leveza e realmente senti que havia essa "pureza" na raiz.

Agora, para mim, por causa dos fios longos e da descoloração, o produto não é suficiente para a hidratação das pontas. Até a metade dos fios, ele é fantástico. Mas, da metade para baixo, percebi que ele não é o mais indicado para mim: prefiro usa-lo até onde sinto que minha oleosidade vai, que é mais ou menos até a altura das orelhas. Se eu tivesse fios mais curtos, virgens ou mais oleosos no geral, possivelmente usaria em todo o comprimento. No caso, uso mais como esse tratamento pontual.

 

Drama queen Pimenta Rosa

IMG_3170.JPG

Essa máscara já é tradicional, para ser usada do comprimento até as pontas. Suas características: 

Ativos vegetais de Pimenta Rosa, Cana de Açúca, Tamarindo, Nori, Rosa Polar, Baobá e Óleos de Jojoba e Oliva. Ideal para cabelos lisos que precisam de controle de frizz e hidratação, sem pesar os fios. Rico em proteínas e aminoácidos para nutrição e maior maleabilidade. Fios e couro cabeludo mais saudáveis. Perfumado com óleos essenciais naturais e frâncias com solventes vegetais. 

  • Livre de: gluten, sulfatos, corantes sintéticos, ftalatos, parafina, silicone insolúvel, derivados de animais (vegano), parabenos, ogms, cloreto de sódio, óleo mineral. 

A finalidade aqui é alinhar os fios, eliminar o frizz, ser emoliente e ter uma ação protetora. Preciso disso porque toda santa vez que resolva usar meus fios au naturale eles tem essa nuvem de frizz que me faz parecer eletricidade estática que é tudo, menos elegante!

IMG_3171.JPG

O aroma é frutal, maravilhoso, delicioso!!! Um fundo levemente oriental, também; mas bem leve. Me dá vontade de comer, sinceramente; parece uma trufa de chocolate recheada de maravilhas. Não consigo falar coisas boas o suficiente sobre ele; é bem doce e permanece bastante nos fios depois do enxague.

Novamente, a textura é leve e com ótimo rendimento. Ambas as máscaras tem tempo de ação entre 3 e 5 minutos, o que é ótimo pois várias da Lola tem um tempo de pausa maior e isso as vezes acaba por ser um empecilho em querer utiliza-las. Essa é certinha.

O resultado de fato são fios mais alinhados, mas não os senti mais pesados. A hidratação é surpreendente: a maciez é de fora desse mundo, e combinado com o aroma recebi vários elogios do meu noivo. Algo que me agradou muito foi que tanto na vez que usei com meu cabelo liso percebi ele muito leve, quanto na vez que usei e fui fazer meus cachos sem calor (técnica que já mostrei no meu canal do YT), os cachos se mantiveram e não desfizeram - algo que pode ocorrer quando se usa uma máscara voltada para desfrizzar. Foi 10/10.

 

Considerações Finais

IMG_3168.JPG

Ambas as máscaras valeram o dinheiro investido, que foi de R$48,90 cada uma na perfumaria perto de casa. Sei que elas já estão disponíveis online e em várias lojas por todos os cantos, então devem ser fáceis de achar. Recomendaria ambas, mas para ações diferentes: dê uma chance para a de Café Verde se você sofre de caspa, queda ou procura um tratamento diferente voltado para o couro cabeludo. Outro grande diferencial é poder ser usada mesmo por quem tem fios curtinhos e quer incluir algo mais tcham em sua rotina capilar. Agora, para quem tem fios compridos e lisos, a de Pimenta Rosa é algo que ganha todos os maiores elogios meus! Desfrizza, perfuma, não pesa e ainda por cima enfeita seu banheiro com o charme que Lola tem.

Vocês já testaram algum dos produtos da Lola? Desejam ver resenha de mais algum?